arroz
Preço internacional do arroz atinge o valor mais alto desde 2011
EU CAP Network
Disponível nova revista da Rede Europeia da PAC – EU CAP Network
arroz
Preço internacional do arroz atinge o valor mais alto desde 2011
EU CAP Network
Disponível nova revista da Rede Europeia da PAC – EU CAP Network

08 de agosto de 2023

Turismo do Algarve recebe mais 3,1 milhões de euros para promover grandes eventos na região

O turismo do Algarve terá um reforço para promover grandes eventos no próximo ano, entre eles o “maior encontro de agentes de viagens da Alemanha”.

O Governo anunciou que diversos eventos serão reforçados no Algarve em 2024, entre os quais a gala Michelin Star Revelation e o “maior encontro de agentes de viagens da Alemanha”. 

O reforço extraordinário é de 3,1 milhões de euros para a promoção turística e de eventos na zona do Algarve, sendo que as verbas serão usadas entre 2023 e 2024, num reforço anunciado pelo secretário de estado do Turismo, na tomada de posse de André Gomes como presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA). 

Segundo Nuno Fazenda, um dos eventos será o “maior encontro de agentes de viagens e turismo da Alemanha”, realçando que “há muito que os empresários turísticos e hoteleiros do Algarve queriam atrair este evento para a região”, tudo isso “graças aos esforços do Governo português e da Entidade Regional de Turismo do Algarve”.

Desta forma, outra das iniciativas mencionadas por Nuno Fazenda foi a “Gala Michelin Star Revelation” que terá lugar pela primeira vez em Portugal, no NAU Salgados Palace em Albufeira, no dia 27 de fevereiro do próximo ano.
Contrariamente ao reforço extraordinário com o intuito de promover os grandes eventos, o novo presidente da entidade regional de turismo, ambiciona mais verbas para a região algarvia, tendo já avisado na semana passada que este “novo ciclo vai exigir mais atenção da tutela”. 

Além disso, o novo líder acredita ainda que “se o orçamento das regiões de turismo tivesse beneficiado da atualização financeira, segundo a evolução do índice de preços ao consumidor”, a RTA teria um orçamento para este ano “na ordem dos 5,5 milhões de euros”, ao invés dos 4,1 milhões de euros disponíveis.
André Gomes, citado em comunicado, prometeu “ser firme e determinado na defesa dos interesses da região, desde logo ao nível do financiamento”, estando também empenhado “na luta pela sustentabilidade do território e na procura de soluções para a falta de água no sul do país”.


Fonte: Eco Sapo