Candidaturas ao Pedido Único
IFAP: Medida de Compensação – Atividade agrícola e pecuária – Pagamentos
Candidaturas ao Pedido Único
IFAP: Pagamentos junho 2023
Candidaturas ao Pedido Único
IFAP: Medida de Compensação – Atividade agrícola e pecuária – Pagamentos
Candidaturas ao Pedido Único
IFAP: Pagamentos junho 2023

04 de julho de 2023

Seca e baixa do preço ameaçam produção de leite

Os produtores de leite portugueses encontram-se ameaçados pela seca e baixa do preço, com uma redução de três cêntimos por litro entregue a partir de 1 de julho.

Os produtores de leite do país que fornecem o setor associado na Lactogal sofreram uma nova redução em três cêntimos por litro de leite entregue a partir de 1 de julho. Esta redução de preço já não é a primeira ao produtor, sendo que se acumulou uma redução total de 8 cêntimos por litro e que por “coincidência”, ocorreu também em compradores e indústrias privadas, quer do continente, quer dos Açores, excetuando a cadeia de supermercados Pingo Doce, que mantém os preços aos produtores.

O total de perda, por mês, em todos os produtores equivale a um total de 12,5 milhões de euros. As perdas ocorrem numa altura difícil uma vez que a agricultura de Portugal e Espanha sofre os efeitos da seca, que levou à redução da produção de forragem, ausência de pastagens, falta de água para a produção de milho em algumas regiões e subida vertiginosa do preço da palha, com aumentos de 300% no preço. Por sua vez, os custos das rações e despesas com combustíveis continuam elevados, bem como dos adubos, sementes, equipamentos e os restantes fatores de produção.

As consequências desta perda resultam na redução do efetivo de animais por parte dos produtores, sendo que muitos já tomaram a decisão de encerrar a produção, ponderando mesmo abandonar o setor, que significa perda de postos de trabalho, tanto na produção em si como em fornecedores e prestadores de serviços.

De acordo com a Agrolep, a responsabilidade parte “do Governo, da distribuição, da indústria e em particular do setor cooperativo que devia dar o exemplo de valorizar o leite e reduzir os custos internos de funcionamento, em vez de ser o primeiro a reduzir o preço do leite. Os produtores estão revoltados e exige-se uma urgente reflexão e mudança de gestão”.

Face a isto, uma centena de produtores de leite irá reunir-se nesta quarta-feira, dia 5 de julho, em Leiria, na vacaria Uziel Carvalho lda, a fim de analisar as estratégias possíveis para enfrentar o baixo preço do leite, a falta de forragem e o custo alimentar provocado pela seca. O Secretário de Estado da Agricultura, Gonçalo Rodrigues estará presente.

 

Fonte: Agroportal