10º Concurso Vinhos de Portugal
Pão, massa, carne e ovos podem faltar? Produção ameaçada devido a greve
10º Concurso Vinhos de Portugal
Pão, massa, carne e ovos podem faltar? Produção ameaçada devido a greve

14 de Fevereiro de 2023

Dirigente da CAP destaca que “ainda existem 1.300 milhões para gastar nos fundos de desenvolvimento rural”

Encontram-se disponíveis para gastar 1.300 milhões de euros relativos ao fundo europeu agrícola de desenvolvimento rural, destaca Cláudia Costa, dirigente da Confederação dos Agricultores de Portugal no Fórum Portugal 2030.

O apoio para o desenvolvimento rural termina em 2025, faltando dois anos para a execução dessa verba relativa ao FEADER. Desta forma, existe uma dificuldade em executar as verbas do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER), encontrando-se por executar 1.300 milhões de euros, faltando apenas 2 anos para gastar essa mesma verba.

Este aviso foi dado pela dirigente da CAP, no âmbito do debate em torno dos desafios e oportunidades para as empresas, integrado no Fórum 2030. Além disto, a mesma refere ainda que se torna crucial “trazer a agricultura para estas discussões referentes aos fundos europeus” uma vez que sente que o setor se contra “arredado dessa temática”.

Cláudia Costa revela, ainda, que a existência da Política Agrícola Comum (PAC) deve encontrar-se ligada à questão do investimento, pois existe um “conjunto de outros desafios para os quais é importante haver uma resposta articulada dos diversos fundos”.

É concluído pela dirigente que existe uma grande dificuldade em aceder aos fundos, sendo que “o Estado deve confiar mais nas empresas”, não facilitando a atividade económica.


Fonte: Jornal Económico