Beira Baixa agroalimentar
UE propõe alterações na comercialização de produtos agroalimentares
aviso amarelo
Seis distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva e trovoada
Beira Baixa agroalimentar
UE propõe alterações na comercialização de produtos agroalimentares
aviso amarelo
Seis distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva e trovoada

19 de maio de 2023

Álvaro Mendonça e Moura é o novo presidente da CAP

Foi escolhido um novo presidente da CAP. Saiba mais aqui!

O novo Presidente da Direção da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) é Álvaro Mendonça e Moura de 2023 a 2026, sendo que, segundo a confederação, foi o ato eleitoral mais participado na história. Além disto, pela primeira o ato foi efetuado em formato digital.

O novo presidente da CAP é Álvaro Mendonça e Moura, formado em Direito pela Universidade de Coimbra. Já foi embaixador em Viena e Madrid, bem como já assumiu funções como Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia, período durante o qual acompanhou a reforma da política agrícola comum de 2003, e, posteriormente, junto das Nações Unidas. Entre 2017 e 2021, desempenhou as funções de Secretário-Geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros. 

Nos dias de hoje, Álvaro Mendonça e Moura é sócio da Associação dos produtores em Proteção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro (APPITAD) e da Cooperativa dos Produtores de Amêndoa de Torre de Moncorvo (AMÊNDOACOOP).

Em declarações, o novo presidente afirmou que “A CAP tem um papel fundamental na promoção e na defesa da Agricultura e dos Agricultores portugueses, representando também os seus interesses em Bruxelas, onde tem uma Delegação Permanente. Os desafios são múltiplos, em diversas frentes. A Agricultura é um setor fundamental da economia nacional com importante contributo para as exportações, é peça-chave da coesão territorial e promotora insubstituível da sustentabilidade ambiental. Assumo, por isso, o compromisso de pugnar pelo desenvolvimento e crescimento do setor agroflorestal português, dando voz ao seu principal pilar: os Agricultores”.

 

Fonte: Vida Rural